Como ser um bom profissional de TI

You are able to see this post in english too.

Continuarei abaixo este post do Elton Luís Minetto, complementando às idéias dadas por ele tudo que aprendi na área de TI. Vamos lá:

  1. Estude. Conheço pessoas que deixaram a graduação de lado e se deram bem, e posso garantir que este tipo de caso é raríssimo. Diferente do @eminetto, pude ingressar na graduação em 2004 com uma certa bagagem em TI (iniciei em 1997). E ainda assim a graduação expandiu (melhor, me fez experimentar e aplicar) conhecimentos em áreas que nunca tinha ouvido falar, o que foi extremamente válido;
  2. Conheça o negócio. Gaste algumas horas na semana acompanhando o trabalho das pessoas que orbitam seus sistemas. Sim, pare de escovar bits e procure entender o ecossistema à sua volta;
  3. Faça o bom, o ótimo pode ser alcançado mais tarde. Livre-se de gastar tempo (e recursos) para entregar aquele software (ou uma mudança nele, ou aqueles modelos, ou aquela arquitetura, etc.) em grau de detalhe absurdo. Atinja o objetivo requerido. Se conseguiu, entregue. Você pode se organizar para que, de tempos em tempos, revise seu trabalho e adeque-o à realidade atual (ok, admito ainda busco seguir este item 100% do tempo…);
  4. Apaixone-se pelo que faz. Hoje em dia acredito que é a única forma de fazer-nos pensar se podemos fazer algo que já fazemos, melhor. Procure conhecer mais detalhes sobre a linguagem de programação que está usando. Aprenda mais sobre banco de dados. Aprenda sobre padrões (sério, há padrões para muitas coisas em software e ajudam muito!). Aprenda mais sobre o tema ao qual seu software atende;
  5. Sirva ao homem, não às máquinas. Este pequeno trecho do juramento do engenheiro diz muito. Sou usuário GNU/Linux desde 2001, mas já dei muito suporte à MS-Windows, ministrei turmas de de MS-Office, administrei servidores MS-Windows diversos, usei muito MS-Windows. Já programei em Clipper, C, Delphi, C#, ASP.NET, ASP, e hoje estou em PHP. Já trabalhei com Progress, MS-SQL Server, hoje trabalho com Oracle e MySQL. Já integrei sistemas via EDI (aaffff…), hoje a moda é Webservices e REST. O meio (tecnologia) é importante, mas não se esqueça do propósito, dos objetivos e requisitos que precisam ser atendidos. Para o cliente, é o que importa;
  6. Documentação é, definitivamente, importante. No dia em que seu chefe (ou você mesmo) precisar realizar uma apresentação, ou discutir integrações, novas funcionalidades, limites, processos, etc. com pessoas que nada têm a ver com seu código, vai concordar comigo. Infelizmente, e até hoje, a dor é a única forma que eu vejo para fazer alguém entender isso…

OK, é isso. Sugiro, de forma insistente, que leia o post do Elton. Existem idéias ali que tentei manter só ali, evitando repetições.

Até! 😉

About Adriano Laranjeira

Software engineer & developer See more at http://about.me/arglbr
This entry was posted in Português and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

3 Responses to Como ser um bom profissional de TI

  1. Pingback: Adriano Laranjeira » Blog Archive » How to be a good IT professional

  2. Muito legal o seu texto
    Obrigado pelas referências ao meu post.

    Like

    • Adriano says:

      Hey man!

      É o mínimo que eu podia fazer, já deu excelentes dicas à comunidade (e a mim).

      []’s e “Tâmu júnto”!
      Adriano!

      Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s