Fedora installed IN the USB stick

Você pode ver este post em português também.

“Long time no see, blog” 😉

Daniel Faraday - Long time no see
Daniel Faraday - Long time no see

For a while I tried to use the XFCE Spin from Fedora as an alternative to continue on GNU/Linux and keep the corporate laptop without changes in your default settings. Upset with the performance of the Live ISO, I decided to do the OS installation directly on the USB stick.

The difference, at performance at all, is impressive. If like me, you do want to have a distro ready to allow you keep working even on a PC other than your own, forget the LIVE versions and install the OS directly on the USB stick. Works like a glove, you will have better impression and will get a better user experience than with the previous option.

The only problem I had was that during this process I discovered what might be a bug in the E6420 Latitude models of Dell: If you disable the hard disk through the BIOS your CD/DVD won’t be able to perform a boot, so it only will be possible from an USB. The strange thing is that only just enabling the hard disk makes the CD/DVD be able to dispatch the boot again. In these situations I like to turn off the hard disk to prevent any unwanted change during the install.Fedora USB Stick

The installation was finally done with two USB sticks: on the first of them I installed a LIVE version, I did the boot with the two USB drives connected and after the whole boot process I used the icon “Install on Hard Disk” to install the OS on the second USB stick. With everything working OK, I enabled the hard disk in BIOS again.

The laptop will keep the programs and settings within the corporate standards and I’m able to work happily in an OS I’m more productive.

 

See you! :-).

Fedora instalado NO pendrive

You can see this post in english too.

“Long time no see, blog” 😉

Daniel Faraday - Long time no see
Daniel Faraday - Long time no see

Por um tempo tentei utilizar o XFCE Spin do Fedora como uma alternativa para continuar no GNU/Linux e manter o laptop corporativo sem alterar qualquer configuração padrão. Chateado com a performance, resolvi realizar a instalação do SO diretamente no pendrive.

A diferença de performance impressiona. Se como eu, pretende ter uma distro mais ou menos pronta para permtir a continuidade de seu trabalho mesmo em um PC que não o seu, esqueça as versões LIVE e faça a instalação do SO no pendrive. Funciona como uma luva, vai causar melhor impressão e proporcionar uma experiência de uso bem melhor do que a opção anterior.

O único problema que tive foi que durante este processo descobri o que pode ser um bug nos modelos Latitude E6420 da Dell: Se você desabilitar o HD na BIOS seu drive de CD/DVD não vai ser capaz de realizar boot algum, ou seja, só será possível a partir da USB. O estranho é que o simples fato de ligar o HD novamente torna o drive de CD/DVD capaz disso. Nessas situações eu desligo o HD para prevenir qualquer alteração indesejada durante o processo de instalação.Fedora USB Stick

A instalação foi finalmente possível com dois pendrives: Instalei a versão LIVE em um, realizei o boot com os dois pendrives ligados e ao término do boot utilizei o ícone “Install on Hard Disk” para instalar o SO no segundo pendrive. Com tudo funcionando, liguei o HD na BIOS de novo.

O laptop permanecerá com seus programas e configurações dentro do padrão corporativo e eu poderei trabalhar feliz num SO onde sou mais produtivo.

 

Até! :-).